Médico de família

Até pouco tempo atrás, as famílias eram atendidas por um médico responsável pela saúde e cuidado de todos. Esse profissional era conhecido como médico de família. Mas, com o passar do tempo, a medicina se desenvolveu e muitas novas especialidades e exames surgiram. Com isso, os profissionais foram ficando cada vez mais peritos em um órgão, em um sistema ou em uma parte do corpo como, por exemplo, a mão direita, o pescoço, etc. Se, por um lado, há ganhos nítidos no tratamento das pessoas, por outro, é comum o especialista esquecer  que a saúde do paciente precisa ser olhada em sua totalidade para que se obtenha o melhor resultado.

A Medicina de Família e a Clínica Geral constituem uma forma de atender e cuidar da pessoa em sua totalidade. A visão global do ser humano é fundamental para o diagnóstico e tratamento de diversas moléstias, já que parte delas tem origem no corpo psíquico. Conhecer a origem de cada indivíduo e de sua respectiva família é importante para a prevenção e para se fazer o acompanhamento de diversas doenças da maneira mais adequada.

Acredito muito nessa forma de exercer a medicina. Qualidade de vida é, consequentemente, meu foco, meu objetivo no tratamento médico. Traçar metas e descobrir novos caminhos é fundamental para se obter melhorias. Viva bem e com qualidade. Sempre.

 

Pesquisa