Notícias

 

As sementes de linhaça melhoram a função intestinal, a pressão arterial e diminuir os riscos de doenças no coração. É o que indica a pesquisa que está sendo conduzida na Pontifícia Universidade Católica (PUC) do Paraná, em Curitiba.

Para avaliar  os benefícios da semente, os voluntários foram divididos em três grupos. O primeiro segue uma dieta de acordo com o peso e as características de cada pessoa. O segundo, além de fazer a dieta, passou a incluir a linhaça no cardápio. Já o terceiro grupo, come a linhaça, mas sem entrar na dieta. “Já se percebe que o grupo que recebe a linhaça e faz a alimentação conforme o cardápio estipulado obteve redução mais significativa do colesterol”, relatou Dias. Os pacientes que participam do estudam retornam à universidade a cada duas semanas para avaliação médica (controle do peso, circunferência do abdômen,  entre outros).

Pesquisa