Notícias

A pesquisa teve como base a comparação de dados de 4.604 famílias de baixa renda nos Estados Unidos. Destas, 2.134 ganharam subsídios governamentais para se mudar para vizinhanças menos degradadas. A mudança para ambientes 13% menos pobres produziu impacto o bem-estar dos voluntários,embora não tenha alterado sua renda anual. Tanto as famílias que se mudaram quanto as que ficaram nas antigas vizinhanças recebiam 20.000 dólares anuais na época da pesquisa.

Os voluntários apresentaram redução de sofrimento psíquico, depressão, desordens de ansiedade, e se declararam mais felizes. "Essas descobertas sugerem a importância de focar nossos esforços na melhoria do bem-estar das famílias pobres, em vez de apenas buscar melhorar sua renda", observou Jens Ludwig, pesquisador da Universidade de Chicago, um dos autores do estudo.

Pesquisa