Notícias

Além de ser muito saboroso, o que permite seu uso na elaboração de diversas receitas culinárias, o mel apresenta em sua composição vitaminas B e C, aminoácidos (proteínas) e potássio, substâncias de vital importância para o nosso organismo. Além disso, são ricos em flavonóides, grupo de compostos químicos com ação antioxidante e anti-inflamatória.

Não por acaso, já existem estudos indicados que o mel promove reações orgânicas de defesa do corpo humano, tendo efeito particularmente curativo sobre feridas e problemas relacionados à garganta, como tosse noturna. Vale lembrar que a ingestão de mel, seja como ingrediente culinário ou medicamento, não é recomendada para indivíduos portadores de diabetes, pois esse alimento é hipercalórico e contém sacarose, bem como outros tipos de açúcar.

Você sabia?

A OMS (Organização Mundial da Saúde) inclui em seus registros a indicação do mel como substância adoçante com efeito positivo em indivíduos com quadro de irritação da garganta e tosse.

Pesquisa