Notícias

Mais comum em crianças do que em adultos, a asma é uma doença perigosa, pois tende a se agravar caso não seja tratada com medicamentos apropriados. Sua principal característica é provocar o fechamento dos brônquios ou bronquíolos de ambos os pulmões, ocasionando dificuldade respiratória, que se manifesta por meio de chiadeira no peito, tosse e diminuição da expansão pulmonar.

Como se trata de doença de causa alérgica, além do hábitos de vida saudáveis, é muito importante evitar ficar exposto a fatores alergênicos, como poeira, alguns tipos de perfume, fumaça de cigarro etc. Na verdade, as vias aéreas dos pulmões de quem sofre de asma sempre estão um pouco mais inflamadas que o normal e, ao entrar em contato com um destes fatores, a produção de muco aumenta, dificultando a respiração e sobrecarregando o trabalho dos músculos respiratórios, que podem até entrar em estafa se a crise não for tratada adequadamente.

Além do uso de medicação específica, é importante procurar manter o ambiente livre de elementos que possam agravar os sintomas da asma por meio de medidas de higiene como:

  • Lavar as peças de vestuário guardadas e secá-las ao sol antes de usá-las, pois costumam ter ácaros.
  • Redobrar os cuidados com roupa de cama: trocá-las toca a semana e lavá-las em água quente.
  • Providenciar coberturas de plástico, com zíperes, para os colchões e travesseiros que devem ser lavados a seco uma vez por semana.
  • Aspirar o pó diariamente e manter o ambiente sempre arejado.
  • Usar sempre pano úmido em vez de varrer o chão, pois isso levanta poeira.
  • Limpar aparelhos, como o vaporizador, sempre que utilizá-los.
  • Evitar contato com fumaça de cigarro e substâncias de odor forte, incluindo perfume.
  • Manter-se longe do mofo de qualquer espécie.

Pesquisa