Notícias

Sim, mas antes é preciso entender a diferença entre uma e outra doença. A rinite é uma inflamação das mucosas nasais, caracterizada por sintomas como nariz entupido, coriza, espirros e coceira, não apenas nos olhos, mas também nas orelhas. A maioria dos casos é de origem alérgica (cerca de 70%), podendo ser desencadeada por pó, cigarro, perfumes e ar condicionado. Por isso, o tratamento implica afastamento do agente causador e ingestão de antialérgicos. 

Já a sinusite é uma infecção nas cavidades ao redor do nariz , os chamados seios nasais, provocada por vírus e bactérias, resultando em obstrução nasal, secreção que pode mudar de cor, espirros, muita pressão na face, dor de cabeça, cansaço e febre. O combate da doença é feito por meio de antibióticos, anti-inflamatórios à base de cortisona e inalação, cuja prescrição compete unicamente ao médico especialista.

Agora, respondendo diretamente à pergunta, é importante salientar que cerca de 80% dos casos resultam de quadros de gripe que não receberam acompanhamento adequado, mas, de qualquer forma, uma rinite mal curada torna a região nasal mais fragilizada e propensa à entrada de agentes infecciosos causadores da sinusite.

Pesquisa