Notícias

Os idosos em geral são grupo de risco para doenças infecciosas de qualquer origem. O envelhecimento do sistema imune é sua principal razão. No caso da COVID-19, foi identificado que pacientes diabéticos e hipertensos têm uma maior chance de evoluir com doença mais grave. Mesmo sem apresentar sintomas, é importante que pessoas idosas fiquem em isolamento social. Ao sair de casa, correm o risco de voltar trazendo o vírus. Faça a sua parte. Ajude na conscientização sobre as medidas preventivas e sigam todos as recomendações dos órgãos de Saúde para conter o avanço do coronavírus em nosso país. 

Lembrem-se das medidas de prevenção:

Lave as mãos regularmente com água e sabonete ou higienize com álcool gel 70%.

Mantenha, pelo menos, 2 metros de distância entre você e qualquer pessoa que esteja tossindo ou espirrando.

Evite tocar olhos nariz e boca. As mãos tocam muitas superfícies e podem carregar o vírus.

Cubra nariz e a boca quando tossir ou espirrar, preferencialmente com lenço descartável. Descarte-o imediatamente e higienize as mãos. 

Evite sair de casa. 

Se tiver dúvidas, consulte sempre órgãos oficiais pela internet, como o site do Ministério da Saúde ou os grandes veículos de comunicação. Se receber informações pelo WhatsApp, também procure saber se a fonte é confiável. As notícias falsas têm trazido pânico à população. Siga as orientações das autoridades de Saúde e colabore para enfrentarmos juntos esse momento.  

Antonio Sproesser 

Pesquisa