Notícias

Notícias

Pesquisadores britânicos constataram que substâncias presentes no chá verde e no vinho tinto podem prevenir a doença de Alzheimer. O estudo desenvolvido na Universidade de Leeds, Grã-Bretanha, foi publicado no The Journal of Biological Chemistry.

Estudo realizado na França, com participação de 26.609 homens, indicou redução de 32% na concentração de espermatozoides no período de 17 anos. A média para homens de 35 anos de idade caiu de 73,6 milhões por mililitro de sêmen para 49,9 milhões.

Para marcar o Dia Mundial de Combate ao Câncer (04/02),  o Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, vinculado a Secretaria de Estado da Saúde e à Faculdade de Medicina da USP, divulgou  alguns dados relativos ao perfil dos pacientes da instituição.

Pesquisa realizada na Universidade de Iowa, EUA, constatou que  amigos podem induzir outros ao consumo de bebida alcoólica. Verificou-se que a influência das amizades nesse sentido é mais forte do que possuir histórico de alcoolismo na família. O trabalho foi publicado na revista Pediatrics.

Nem mais, nem menos. O cirurgião dentista Fabiano Vieira Vilhena , em estudo orientado por Marília Buzalaf, da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo, criou um gel dental com concentração ideal de flúor para crianças entre 11 meses e 7 anos.

Acidentes de carro podem ter consequências mais graves em pessoas obesas.  É o que concluiu pesquisa realizada nas universidades americanas da Califórnia e da Virgínia Ocidental, EUA, acessível no Emergency Medicine Journal.

 

Estudo desenvolvido na Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo aponta que cerca de 60% dos paulistanos que comem fora de casa apresentam sobrepeso. O tema foi objeto da dissertação de mestrado da nutricionista Bartira Mendes Gorgulho.

Casados vivem mais que solteiros. É o que indica pesquisa desenvolvida no Centro Médico da Universidade Duke, EUA.O estudo foi baseado em dados de ex-alunos da Universidade da Carolina do Norte.

Estudo desenvolvido Universidade de Auckland, Nova Zelândia, aponta que o consumo de fast food três vezes por semana aumenta em 40% o risco de jovens desenvolverem obesidade, asma, eczema e rinite. A pesquisa foi publicada na revista Thorax-BMJ.

Estudo realizado pelo Instituto Superior de Psicologia Aplicada, Lisboa, constatou que o cansaço, estresse, crise e problemas conjugais podem reduzir  desejo sexual masculino.