Pergunte ao doutor

Nome: Margarida Maria Feitosa
Pergunta: Dr. Antonio, boa noite. Necessito muito tirar muitas dúvidas, pois sofro há muitos anos, faço tratamento psiquiátrico, mas acho que deve ser outra coisa, pois eles falam que tenho transtornos psiquiátricos, mas síndrome de pânico, acho que pânico não tenho, mas as coisas que acontecem não sei nem explicar, cada crise vem diferente, se passar um mês sem dar crises ou com trocas de medicações, sinto algo subir do meu pé e vai até o peito, fico com o coração disparado, pálida, parecendo que vou desmaiar, vômito, dor de cabeça, muitos tremores de frio, fico muiiiiiito mal que, às vezes, não consigo nem andar, mas Dr. Antonio, eu sou agora uma pessoa muito amargurada e de agosto de 2012 comecei a brigar com todos que fazem coisas que eu não gosto, nem acho certo, tenho 58 anos, mas até o ano 2012, não sabia dizer não pra ninguém e nunca brigava, mesmo sabendo que estava certa, mas em agosto tive um infarto e foi aí que surtei.
Depois antes da internação, 3 médicos falaram o que eu estava passando, nesse mesmo tempo, veio esse diagnóstico, depois de muitos exames, sendo que sou de família de risco, hipertensos diabéticos, cardíacos. Agora passo o diagnóstico desde agosto; diverticulite, colecistimo, osteoartrose, ateromasia da aortica, hernia hiatal, esofagite, refluxo mitral, disfunção diastólica, hipermasia leve, distúrbios psiquiátricos, gostaria de saber se corro risco de vida pois aqui onde moro não posso fazer cirurgia, fui transferida para Taubaté, mas há quase 1 ano ainda continuo sofrendo, e só vou voltar no cirurgião de lá só em 25 de julho de 2013, apesar de 3 cirurgiões aqui me orientarem a não fazer a cirurgia, um me disse que não vou sair da mesa de cirurgia, será que é por isso que estão me enrolando, ou o processo é assim mesmo, estou com pouco de anemia, e me esqueci, sofro muito de dores de cabeça, na tomografia o neurologista disse, que do lado esquerdo da cabeça tem bichinhos de carne de porco, e no outro lado, calcificação, tenho muito esquecimento, tomo medicações forte, mas me fazem mais mal ainda, melhoro do esquecimento, mas fico com dores fortes de cabeça com muitos estalos. Desculpe, mas  gostaria que o Sr. me orientasse o que posso fazer. Muito obrigada e desculpe a história muito longa, DEUS O ABENÇÕE, AMÉM

Prezada Margarida,
Pelo que analisei de sua história, vejo que você apresenta alguns problemas de saúde que realmente tem abalado sua qualidade de vida. Nosso corpo físico e emocional são bem interligados e quando um sofre o outro sente e responde. O importante é saber que você é jovem, quer lutar para viver bem e feliz. Não perca essa qualidade ok? Bem neurocisticercose é a doença neurológica causada pelos ovos calcificados da doença do porco. Ela realmente altera nossa vida e deve ser bem medicada e acredito que você deve estar tomando remédios para isso. O coração apresenta varias artérias e quando alguma fica entupida acontece o infarto. Converse bem com seu médico para ver se há ou não necessidade de operar ok? Vá com calma. No restante procure conversar com seus amigos e familiares. Divida seus problemas e não se isole. Se necessário faça terapia com especialista, psiquiatra ou psicólogo para ter mais suporte emocional.
Enfim, te desejo sucesso na vida e em seu tratamento. Abraço.

Nome: Val Menezes
Idade: 37 anos
Cidade e Estado: Rio de Janeiro
Pergunta: Sinto dores do lado esquerdo abaixo da barriga, o que será?

Val,
Dores do lado esquerdo na barriga merece toda a atenção medica. Procure um posto de saúde para uma avaliação geral e ver a necessidade ou não de exames. Acúmulo de gases e fezes, diverticulite, colite, verminose e parasitose, todos podem causar estes sintomas. Procure um médico para examiná-la ok?

Nome: Cassio
Pergunta: Minha mãe tem uma enorme dor debaixo do pé quando ela relaxa, como por exemplo, na hora que acorda, hora que chega em casa do serviço que relaxa um pouquinho a dor no pé volta. Ela chega a quase não aguentar andar, aí de vez em quando faço uma massagem pressionando onde dói, então melhora por uns dias, mas depois volta. O que é essa dor, Doutor? Me ajude a livrar minha mãe dela e o que posso fazer para ajudá-la?

Desde já, agradeço pela atenção.

Cassio,
Várias enfermidades podem ocasionar este problema, como calos ossos e esporões internos, bursite, tendinite, artrite e artrose, gota, enfim, uma série enorme de doenças. Ela deve procurar um médico ortopedista para ser avaliada e ver a necessidade de realizar exames simples como um RX, ou até mais sofisticados como tomografia e ressonância magnética. De qualquer forma, agende uma consulta com o especialista, ok? Se for difícil, marque um clínico geral para uma visão do estado de saúde de sua mãe.
Abraço

Nome: Celia Barros de Oliveira Ramos
Pergunta: Bom dia Dr. Gostaria de saber sobre tratamento contra depressão que foi exibido no sábado - 29/06/13 na Record, lutamos com essa enfermidade há quase 12 anos sem sucesso, já estamos desistindo, até hoje foi tratamento só com remédios e internações, mas gostaria de um tratamento com ondas magnéticas ou até mesmo este tratamento de choques leves que foi relatado nesta reportagem, não temos mais forças, a paciente só tem 37 anos e está surtando sem parar, corre risco de morte constante, nos ajude, por favor.

Prezada Celia,
Depressão deve ser realmente encarada com toda a seriedade pois envolve não só quem sofre do problema, mas também toda a família e a sociedade. Os medicamentos atuais são excelentes e quando usados em conjunto com a psicoterapia e internação, obtém-se grande sucesso para o problema. Mas infelizmente há casos mais resistentes. Aqui em São Paulo, mais especificamente, no departamento de psiquiatria do Hospital das Clínicas, esta técnica de estimulação cerebral tem sido empregada. Procure este serviço para uma avaliação psiquiátrica. Espero que consiga ajuda e que possamos melhorar a qualidade de vida de sua familiar.

Nome: Vanessa Machado Ricardo
Pergunta: Acabei de assistir uma reportagem e estou muito emocionada. Minha filha é surda e gostaria de fazer esse implante. Me ajuda, eu te imploro, tenho certeza que foi DEUS que direcionou a essa reportagem, eu preciso de ajuda por favor. Como faço para conseguir uma consulta nas clínicas e passar minha filha?

Vanessa,
Entre no site do grupo de implante cóclear do Hospital das Clínicas e eles em breve entrarão em contato com você. Responda ao questionário, pois é fundamental, ok?
www.implantecoclear.org.br
Boa sorte

Pesquisa

Pergunte ao doutor

Utilize o formulário abaixo para enviar sua pergunta para o Dr. Antonio Sproesser

Devido ao grande volume de perguntas, não garantimos que todas serão respondidas, já que as faço pessoalmente.

Dr. Antônio Sproesser


captcha