Notícias

Há quem diga que tomar vinho pode ser bom para a saúde. Em primeiro lugar, nunca é demais lembrar que beber mais do que o recomendado não traz qualquer benefício, e sim uma série de riscos à saúde. Já o consumo moderado, a famosa taça de vinho tinto durante o jantar tende a ser apontado como benéfica na prevenção de doenças cardíacas e neurológicas, como Alzheimer e Parkinson.

Essa é uma questão controversa, mas não restam dúvidas de que existem alterações no corpo e no comportamento das mulheres diretamente relacionadas às fases do ciclo ovariano.

Mudar hábitos alimentares é fundamental no tratamento de todos os tipos de diabetes, pois permite controlar o metabolismo, contribui para a normalização da glicemia, diminui os fatores de risco cardiovascular e ajuda a manter o peso dentro dos parâmetros esperados, o que também favorece a saúde geral do organismo.

Pesquisadores norte-americanos constataram que a hortelã é eficiente no combate à enxaqueca e dores musculares. A planta possui óleos essenciais com ações analgésica, antibacteriana e antiinflamatória. O chá de hortelã tem um aroma e sabor agradáveis e pode ser consumido quente ou frio.

Alguns hábitos podem ser adotados para melhorar o sono e fazer dele um aliado da saúde.

Pesquisa