Notícias

Estima-se que 1,2 milhão de brasileiros sofram da doença; 100 mil novos casos surgem todos os anos.

A prevalência cresce com a idade. 2% da população com 65 anos tem a doença. A proporção dobra a cada 5 anos (4% dos que têm 70 anos, 8% dos que têm 75 anos etc.)

 

A doença causa morte de neurônios e perda de massa cerebral – nos casos mais severos, o cérebro reduz de tamanho mesmo.

 

A doença de Alzheimer é um tipo de demência. No Brasil, é a segunda principal causa de demência – só perde para problemas vasculares no cérebro (quando lesões nos vasos sanguíneos do cérebro impedem a chegada de nutrientes e oxigênio no cérebro e causam a morte dos neurônios).

 

Pessoas com Alzheimer vivem em média por oito anos. Mas algumas podem chegar a viver por 20 anos.

As dietas da moda:

1. Óleo de cártamo: dizem que ele seca até 5 kg por mês

O que é: Cápsulas à base de cártamo, planta oleaginosa e rica em ômega 6

Porque emagrece: O cártamo reduz o apetite e tem ácido linoleico, poderoso na tarefa de bloquear a transferência de gordura da corrente sanguínea para as células. Com isso, o corpo usa a gordura estocada como energia, eliminando-a

Como ingerir: Uma cápsula meia hora antes do almoço e outra meia hora antes do jantar com 180 ml de água

Contraindicação: Gestantes, lactantes, crianças e diabéticos não devem ingeri-la.

Efeito colateral: Quem tem síndrome metabólica - conjunto de problemas que oferecem riscos ao coração - não deve tomá-la.

2. Óleo de coco: aumenta queima de calorias

O que é: Desenvolvido a partir da gordura da fruta, é excelente fonte de triglicerídeos.

Por que emagrece? As cápsulas chegam ao fígado e se transformam em energia. O processo desenvolve ação termogênica no corpo, gerando calor e, consequentemente, aumentando a queima de calorias.

Como ingerir: Tome uma cápsula antes de cada uma das principais refeições diárias (café da manhã, almoço e jantar). Não se esqueça: a ingestão deve ser feita com 300 ml de água.

Contraindicação: Não tem.

Efeito colateral: Não tem.

3. Chia é a semente que elimina gordura

Chia existe nas versões em grãos, farinha e óleo

O que é: Originária do México, a chia é uma semente que foi muito consumida por civilizações antigas, principalmente por quem precisava de força e resistência física.

Composição: Entre os principais componentes está o ômega 3 - em teor mais elevado do que o encontrado na linhaça. também tem fibras, cálcio, magnésio, potássio e proteína.

Ajuda a perder peso porque:

Bons para quem precisa de ajuda ou está em busca de um caminho de vida mais saudável, os sites indicados pelo Dr. Sproesser no programa "Ressoar", apresentado por Chris Flores, pode ajudar muita gente. Não deixe de conhecê-los:

Unifesp

Hospital das Clínicas de São Paulo

Faculdade de Medicina (Universidade de São Paulo)

Santa Casa de São Paulo

Alcoólicos Anônimos

Narcóticos Anônimos

 

Vigilantes do Peso

 

 

 

 

 

Em dez anos, o número de cirurgias de redução de estômago aumentou significativamente no Brasil.

As primeiras cirurgias começaram a ser realizadas aqui no país na década de 80.

De lá pra cá o mundo mudou muito. Surgiram novos métodos e a cirurgia se tornou umas das formas mais eficazes de combater a obesidade mórbida.

Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, o número de cirurgias de redução de estômago cresceu 500% em dez anos.

Em 1999 foram feitas 5 mil cirurgias, em 2010 foram 60 mil procedimentos realizados no país. Especialistas acreditam que nesse ano aconteçam 100 mil cirurgias no Sistema Único de Saúde, o SUS, e na rede privada.

O Brasil é o segundo país que mais realiza cirurgias desse tipo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos.

A redução do estômago é indicada para pessoas com IMC maior que 40, os chamados obesos mórbidos.

 

Acidentes mais comuns na cozinha:

Os mais comuns são queimaduras e derramamento de água e óleo fervente:

Em seguida, vem os cortes com facas, cortadores de queijo, facões, moedores e outros

Quedas e escorregões aparecem em terceiro lugar

Fogo na cozinha é menos comum, mas também pode acontecer

Pesquisa